Generic selectors
Pesquisa exacta
Pesquisar em título
Pesquisar em conteúdo
Pesquisar em artigos
Pesquisar nas páginas
Filtrar por Categorias
Eventos
Festividades
Institucional
Judaísmo
Ligações
Personalidades
Visitas Guiadas

Quantos Sons Tem o Shofar?

  |   Judaísmo

A Torá menciona dois sons: Teki-á תקיעה (“tocar”) e Teru-á  תרועה(“barulho”) (Números 10:5-7). Toda a gente acha que sabe o que significa “Teki-á“: é um som longo (mas quão longo?), um sinal de alarme, um som muito alto e claro. E como se toca Teru-á (“barulho”)? Existem várias opiniões – como sempre, no Judaísmo.

A tradução aramaica (“Targum”) da Torá traduziu a palavra Teru-a com yebava יבבא, “soluçar” (Números 29:1). Então, o Talmud (RH 33b) fez uma ligação com um outro verso da Bíblia: “A mãe de Sísera estava à janela e olhou para fora, e chorou (teyavev)” (Shoftim/Juízes 5:28). Aqui está a palavra teyavev que lembra a palavra aramaico yevava que foi usada para traduzir teru-a. Neste caso, fica claro: barulho é o som de chorar.

Alguns consideram que deve ser tocado com um som completamente quebrado, uma série dos nove sons muito curtos, tocados de forma muito forte. Outros pensam que não deve ser quebrado, apenas três sons. Mas esse som deve durar o mesmo tempo do Teki-á. Como não sabemos com certeza como tocar o shofar, tocamos todas possibilidades e fazemos várias combinações, esperando que o som certo que a Torá ordenou seja um deles. É como a vida: sempre um compromisso, sempre existem várias opiniões e é importante unir tudo em paz. Então, tocamos quatro sons.

 

Teki-á

Este é o som do alarme, um sinal longo e alto. É o som da esperança; e o sinal para Deus se lembrar em Abraão de como Isaac foi salvo; e também o sinal para nós, de acordar e começar a pensar sobre a nossa vida.

1

Shevarím

O nome deste som quer dizer “quebrados”. É o som da nossa hesitação, da nossa esperança quebrada. Mostra como sempre tentamos de novo e de novo e de novo. Que Deus veja quantas vezes nós tentámos e que seja misericordioso e clemente.

2

Teru-á

Este é o som do soluçar, o som do choro dos seres humanos. Que Deus ouça esse choro. Que nós ouçamos o choro dos outros também.

3

Teki-á gedolá

O som final numa séria de todos os sons, o símbolo da nossa vida toda, do tempo durante o qual respirámos. Queremos prolongar esse tempo, da respiração, o máximo possível, mas este som vai lembrar Deus – e a nós mesmos – que a nossa respiração há-de terminar, a nossa vida desgasta energia e torna-se tão frágil e limitada…

4

 

A mitzvá consiste em ouvir o shofar. Não precisa ser cumprida pessoalmente, ou seja, o shofar não precisa ser tocado pela pessoa. Porém, ouvir o shofar é uma mitzvá tão importante que aqueles que estão doentes ou não podem ir à sinagoga para o ouvir, devem providenciar alguém que os visite e faça soar o shofar, seja em casa ou no hospital.

 

Ao Rosh haShaná tem uma bênção antes do ouvir do shofar e uma outra depois. A bênção antes de ouvir o shofar é:

BARUCH ATA ADONAI ELOHÊNU MÊLECH HAOLAM, ASHER KIDSHÁNU BENITZVOTÁV, VETZIVÁNU LISHMÓA KÓL SHOFAR.

Bendito sejas Tu, Adonai, nosso Deus, Rei do Universo, que nos santificaste com Teus mandamentos e nos ordenaste ouvir o som do Shofar.

 

 Ouvir o som do Shofar

 

Este Artigo é continuação do Artigo anterior > O Shofar – Porquê?

 



Annette Boeckler
Dr.ª Annette Mirjam Böckler é professora de Liturgia Judaica e Bíblica na Universidade Leo Baeck, em Londres, onde é também Bibliotecária. Escritora e tradutora em matérias Judaicas (sendo a tradutora do Seder haTefillot - o primeiro livro de Orações liberal após o Shoah na Alemanha), tem desenvolvido a tradução da edição alemã dos comentários da Torah de W. Gunther Plaut.