Generic selectors
Pesquisa exacta
Pesquisar em título
Pesquisar em conteúdo
Pesquisar em artigos
Pesquisar nas páginas
Filtrar por Categorias
Eventos
Festividades
Institucional
Judaísmo
Ligações
Personalidades

Parashá da Semana

  |   Judaísmo

Parashá da Semana

O fundo do poço פרשת מקץ

A história de Iossef e dos seus onze irmãos é contada em detalhes nos últimos quatro trechos de Bereshit.

José esteve no fundo do poço por mais de uma vez. Ele era diferente dos seus irmãos. Embora fosse o mais amado pelo pai, era incompreendido, odiado e perseguido pelos irmãos. Na primeira oportunidade, os irmãos livraram-se de Iossef atirando-o a um poço.

Porém, a história de José teve a primeira reviravolta e ele conseguiu sair do poço de cabeça erguida e transformou-se no homem mais importante da casa do Potifar, שר הטבחים – o ministro dos cozinheiros.

Mais uma vez, por uma armadilha preparada pela esposa do Potifar, José foi parar ao fundo do poço. Ele foi levado para a prisão que é chamada pela própria Tora de בור – poço.

No entanto, o nosso herói conseguiu dar a volta por cima e devido à sua capacidade de interpretar os sonhos alheios, tornou-se o segundo homem mais poderoso de todo o Egipto. Este cargo garantiu-lhe uma vida tranquila e também a seu pai Jacob e aos seus onze irmãos que vieram ao Egipto à procura de comida.

Estamos a comemorar Chanucá. A história desta festa relembra uma época em que o Povo de Israel conheceu o fundo do poço. Os dominadores gregos haviam proibido a prática do judaísmo e impunham os seus rituais pagãos ao nosso povo. Conquistaram o Templo de Jerusalém e profanaram-no colocando no seu seio estátuas de deuses gregos. Os macabeus surgiram para retirar o povo de dentro do poço e trouxeram luz e esperança para os judeus daquela época.

Tanto na vida de Iossef como na história dos macabeus, os personagens conheceram a escuridão e o desespero. No entanto, quando tudo parecia perdido, uma luz era acesa e a escuridão do poço era substituída pela chama da esperança.

Sejamos nós os macabeus da actualidade e façamos a nossa parte para que a chama da existência judaica se torne mais vigorosa a cada dia e que a escuridão do poço de Iossef seja substituída pela luz de uma esplendorosa Chanukiá.

Shabat Shalom e Chanucá Sameach!

Rabino Michel Schlesinger

Fonte cip.org.br
Parashá da Semana - פרשת ויגש
Início
Fim
Tel Aviv
16:19
17:27
Jerusalém
15:56
17:26
Haifa
16:17
17:25
Beer Sheeva
16:21
17:29
Zmanim Diário

Acessos: 77819

Ohel Jacob
Sinagoga de rito Progressista, única askenazi em Portugal, fundada em 1934. Membro Afiliado da EUPJ/WUPJ (European Union Of Progressive Judaism / World Union Of Progressive Judaism) desde Abril de 2016.