Generic selectors
Pesquisa exacta
Pesquisar em título
Pesquisar em conteúdo
Pesquisar em artigos
Pesquisar nas páginas
Filtrar por Categorias
Eventos
Festividades
Institucional
Judaísmo
Ligações
Personalidades

Parashá da Semana

  |   Judaísmo

Parashá da Semana

Coragem de mudar

Pessoas são resistentes a mudanças. Nós preferimos o conhecido ao desconhecido. Queremos que tudo permaneça da maneira como está porque alterações trazem incertezas. O status quo é familiar enquanto o novo é estranho.

No entanto, perceberemos que estas afirmações não são absolutas. Quando a mudança é para melhor, todos estão dispostos a enfrentar o desconhecido. Ninguém recusaria um bilhete de lotaria premiado porque teme as consequências de se tornar milionário. Da mesma maneira, um indivíduo que convive com uma enfermidade há muito anos, não recusará um novo medicamento que lhe poderia garantir mais qualidade de vida.

Desta maneira, concluímos que o problema não está nas mudanças, mas nas perdas que algumas mudanças podem trazer.

A haftará que será lida nesta semana em todas as sinagogas do mundo, trata de uma mudança significativa na forma de liderança dos israelitas. Depois de viver muitos anos sob o governo de shoftim, juízes, o povo pede um rei.

A mudança representava o abandono de uma teocracia e a adopção de um sistema monárquico. Os israelitas queriam ser governados por um rei de carne e osso como acontecia com as outras nações. Mesmo conhecendo as desvantagens de um governo monárquico, o povo preferia assumir as consequências da mudança a permanecer da maneira como haviam se acostumado a viver.

O governo dos juízes representava uma conexão mais imediata com Deus uma vez que o juiz desempenhava também o papel de profeta. No entanto, a proximidade do shofet com Deus parecia afastá-lo das necessidades mundanas dos israelitas. Assim, o povo preferiu ter um governante um pouco mais distante de Deus e muito mais próximo das necessidades imediatas do povo.

Por muitos anos, o modelo que se seguiu foi a monarquia que teve como representantes reis do porte de David e Salomão que conduziram o povo com sucesso e deixaram importantes legados para as futuras gerações. Anos depois, a monarquia entrou em crise e novas formas de governo foram encontradas.

Nas nossas vidas pessoais, também optamos por significativas mudanças. Seja a conquista de um novo emprego, um casamento, o ingresso na universidade ou a geração de filhos. Em qualquer uma dessas circunstâncias, uma situação conhecida é abandonada e substituída pela novidade.

Toda a mudança envolve ansiedade e medo. No entanto, quando acreditamos que o novo nos trará boas perspectivas devemos estar dispostos a enfrentar o desconhecido.

Algumas mudanças dão errado, outras funcionam por um tempo limitado e existem mudanças que são definitivamente boas. No entanto, somente descobre aquele que arrisca.

Nós merecemos tentar. Sempre que vislumbrarmos a possibilidade de um caminho melhor, tenhamos a coragem de abandonar o calor do conhecido e assumir o risco de uma vida ainda mais feliz.

Shabat Shalom

 

Fonte cip.org.br
Parashá da Semana - פרשת חקת
Início
Fim
Tel Aviv
19:32
20:40
Jerusalém
19:07
20:38
Haifa
19:33
20:41
Beer Sheeva
19:30
20:38
Zmanim Diário

Hits: 76494

Ohel Jacob
Sinagoga de rito Progressista, única askenazi em Portugal, fundada em 1934. Membro Afiliado da EUPJ/WUPJ (European Union Of Progressive Judaism / World Union Of Progressive Judaism) desde Abril de 2016.