Generic selectors
Pesquisa exacta
Pesquisar em título
Pesquisar em conteúdo
Pesquisar em artigos
Pesquisar nas páginas
Filtrar por Categorias
Eventos
Festividades
Institucional
Judaísmo
Ligações
Personalidades

Parashá da Semana

  |   Judaísmo

Parashá da Semana

Feliz ano novo פרשת ויגש

2018 está a terminar. Mais uma vez fazemos uma retrospectiva do ano que passou e realizamos planos para o ano que se iniciará.O povo judeu tem o seu próprio ano novo que comemoramos com maçã, mel, cabeça de peixe, shofar e muita oração. No entanto, vivemos num mundo que comemora a renovação na passagem do 31 de Dezembro para o primeiro de Janeiro. Mesmo que quiséssemos não poderíamos assinar um cheque e escrever: Lisboa, 5 de Tevet de 5779 ou trabalhar no primeiro dia de Janeiro como se nada estivesse a acontecer.

Mesmo que não pulemos sete ondas ou estouremos uma garrafa se champanhe, somos contagiados pelo clima desta época do ano. Também nós judeus avaliamos o ano que passou e realizamos planos para o ano que ainda não se iniciou.Assim, assumimos compromissos com nós mesmos. No próximo ano vou fazer mais desporto, vou ler mais livros, vou dedicar mais tempo à família, vou tomar menos refrigerantes, vou viajar mais, vou trabalhar um pouco menos, vou ser mais agradecido pelo que tenho, entre outras promessas.

Na parashá desta semana, Vaigásh, Iossef vê o seu sonho de infância torna-se realidade. Quando era pequeno, José sonhou que um dia o sol, a lua e onze estrelas se curvariam perante ele. De facto, no trecho que leremos hoje na sinagoga, o seu pai e os seus onze irmãos reverenciam Iossef por salvar as suas vidas acolhendo-os no Egipto.

O sol é Jacó, o pai. As onze estrelas são os irmãos. Mas, onde estava a lua? Raquel já tinha falecido e não participou da materialização do sonho de José. Acredito que esta narrativa traz duas importantes lições. A primeira é que sonhos se tornam realidade. A segunda é que o resultado nunca é idêntico àquilo que tínhamos planeado.

Nesta época em que assumimos compromissos em relação ao ano que vai iniciar, lembremos a lição de José. Sonhos tornam-se realidade, por isso vale a pena sonhar. Ao mesmo tempo, sejamos flexíveis para comemorar uma realização mesmo que ela não seja exactamente da maneira que a planeamos.

Que sejamos todos sonhadores, flexíveis.

Shabat Shalom!

Michel Schlesinger
Fonte cip.org.br
Parashá da Semana - פרשת ויגש
Início
Fim
Tel Aviv
16:19
17:27
Jerusalém
15:56
17:26
Haifa
16:17
17:25
Beer Sheeva
16:21
17:29
Zmanim Diário

Acessos: 77861

Ohel Jacob
Sinagoga de rito Progressista, única askenazi em Portugal, fundada em 1934. Membro Afiliado da EUPJ/WUPJ (European Union Of Progressive Judaism / World Union Of Progressive Judaism) desde Abril de 2016.