Rabina | Curso de Conversão

  |   Institucional, Judaísmo, Português

Alona Lisitsa

Nascida em Kiev em 1971, ordenada em Novembro de 2004 e primeira Rabina mulher a fazer parte do Conselho Religioso Mevasseret Zion, em 2012, doutorada pela Universidade de Tel Aviv em Talmude e Textos Antigos, tem sido a Rabina orientadora das conversões na Ohel Jacob a partir de Maio de 2014, desde a sua nomeação como Rabina patrocinada para Espanha e Portugal (EUBD).

“Todas as coisas boas, a maioria delas, nos acontecem por acaso ou pela Divina Providência [hashgaha pratit], como uma surpresa agradável que não estávamos à espera. Assim foi a minha ligação com a Ohel Jacob.

Em Maio de 2011, visitei Lisboa pela primeira vez. Encontrava-me de férias com a minha família e tencionávamos viajar até à cidade do Porto. Como ficámos em Lisboa num dia de Shabbat, procurámos uma sinagoga liberal para o serviço de Kabbalat Shabbat. Foi então que encontrei a Ohel Jacob e assim iniciou a nossa ligação, através de umas férias familiares, durante um serviço de Shabbat casual. 🙂

Desde então, temos mantido contacto graças à tecnologia moderna. Perguntas específicas acerca da prática do Judaísmo ou outras de teor geral sobre teologia, hesitações relacionadas com questões pessoais, dúvidas sobre festividades, discutindo o processo de conversão…

Assim foi como, uma vez mais, em Maio, mas de 2014, dei por mim a administrar o curso de conversão, ajudando os Anussim de Portugal e Espanha a fazerem o seu “retorno”, como Rabina patrocinada para o EUBD na Península Ibérica, e tendo visitado a Ohel Jacob para ministrar a orientação rabínica.

Porque haveria uma rabina que vive e trabalha a tempo inteiro em Israel incomodar-se com estes Anussim? (Não existem voos directos de Tel Aviv para Lisboa, excepto no Verão). Ninguém poderia manter-se indiferente após saber dos 80 anos de história da Ohel Jacob e da determinação dos seus membros em manter a linha de vida Judaica. O seu compromisso é admirável. Um pequeno grupo de pessoas cuidando umas das outras e das tradições Judaicas.

A Ohel Jacob é a única congregação Ashkenazi liberal em Portugal. A sua colecção de rolos da Torah, trazida pelos Judeus Polacos refugiados do regime Nazi, não ficam atrás de qualquer museu histórico. Inclui uma parte do rolo da Torah que sobreviveu à Kristallnacht.

Mas o tesouro mais valioso da Ohel Jacob reside nos seus membros. Pessoas de boa índole, humildes, com muito sentido de humor.”

Rabina Alona Lisitsa

26.07.2016

Consulte o seu Currículo completo AQUI.

Ohel Jacob
Sinagoga de rito Progressista, única askenazi em Portugal, fundada em 1934. Membro Afiliado da EUPJ/WUPJ (European Union Of Progressive Judaism / World Union Of Progressive Judaism) desde Abril de 2016.