Claudio Hochman na Ohel Jacob

  |   Institucional, Português, Personalidades

Recordamos o dia 19 de Março deste ano, em que tivemos o privilégio de receber a visita do nosso amigo Claudio Hochman com seus pais, para uma visita à nossa Shull.
Foi na nossa Sala da Memória que, consultando alguns livros que temos escritos em Yiddish, Ary Hochman leu com muita emoção um romance de Leão Tolstoi. Ele e sua esposa, Raquel Lisobikim, são filhos de polacos judeus que emigraram para a Argentina no princípio do Sec. XX. (> Ver O regresso dos sefarditas e a vinda dos askenazis – duas linhas distintas, uma fractura do passado)

 

Claudio Hochman nasceu em Buenos Aires, em 1958. Autor e director de Teatro em Buenos Aires, detentor de vários prémios na área – que lhe confirmam o reconhecimento do seu talento -, começou a escrever poesia na sua adolescência. Com o tempo, acabou por se dedicar à encenação, pela magia da “possibilidade de colocar a palavra, a emoção, a estética, a música, os corpos em movimento, as luzes e as histórias de vida num espaço.

 

Apesar da brevidade e simplicidade deste apontamento, registamos a intenção de não esquecer a emoção gravada por tão especial momento.

 

20160319_115637-1-001

Ary Hochman e Raquel Lisobikim | Foto – cortesia de Claudio Hochman

 

Vídeo – cortesia de Claudio Hochman
Ohel Jacob
Sinagoga de rito Progressista, única askenazi em Portugal, fundada em 1934. Membro Afiliado da EUPJ/WUPJ (European Union Of Progressive Judaism / World Union Of Progressive Judaism) desde Abril de 2016.